Gloria Perez se pronuncia após Paula Thomaz abrir boletim de ocorrência contra ela: Coisa de psicopata

blank

Como você viu no ESTRELANDO, Paula Thomaz, que foi condenada e presa pelo assassinato de Daniela Perez em 1992, ao lado de Guilherme de Pádua, abriu um boletim de ocorrência contra Gloria Perez, mãe de Daniela, alegando crimes de ameaça e difamação, após a autora de novelas ter feito um suposto comentário.

Agora, de acordo com o Balanço Geral, programa da Record, Gloria se pronunciou sobre o assunto:

Coisa de psicopata. Deixo a palavra com o juiz que a condenou: A conduta da ré exteriorizou uma personalidade violenta, perversa e covarde quando contribuiu consciente e voluntariamente para destruir a vida de uma pessoa indefesa, sem nenhuma chance de escapar do ataque de seus algozes, pois, além da desvantagem na força física, o fato se desenrolou em local onde jamais se ouviria o grito desesperador e agonizante da vítima. Demonstrou a ré, assim, ser uma pessoa inadaptada ao convívio social e com inegável potencial de periculosidade.

Foto: Reprodução Google.