SEM FUNDAMENTAÇÃO: Presidente da CCJ na Assembleia, Pollyana Dutra se posiciona contra impeachment de João Azevêdo

A deputada estadual Pollyana Dutra (PSB) declarou, nesta terça-feira (11), qual o seu posicionamento em relação ao pedido de impeachment impetrado na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) pelo deputado Wallber Virgolino (Patriota) contra o governador João Azevedo (Cidadania) e a vice, Lígia Feliciano (PDT).

De acordo com a socialista, não há fundamento no pedido do deputado Wallber Virgolino, tendo em vista que João Azevêdo não cometeu crimes contra o erário público.

“É permitido ao deputado denunciar o governador à Assembleia, mas se for por crime de responsabilidade. A Assembleia não é o foro especializado para apreciar o tipo de conduta que o deputado atribui ao governador. João Azevedo não cometeu crime contra o erário público. Entendo que não há fundamento jurídico para se votar impeachment de João pelas questões alegadas no pedido feito pela oposição”, resumiu.

A decisão sobre acatamento ou não do pedido de impeachment será tomada pelo presidente da ALPB, Adriano Galdino (PSB), que encaminhou o pedido à procuradoria jurídica da Casa Epitácio Pessoa. Caso aceito, ele começa a tramitar.

Crédito imagem: Arquivo ALPB

News Paraiba com Paraíba Já

Comentários