Centro de Imagem do Metropolitano realizou mais de 30 mil exames e procedimentos em 2019

Com uma moderna e completa estrutura para exames e procedimentos de média e alta complexidade, o Centro de Diagnóstico por Imagem do Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, realizou, de janeiro a dezembro de 2019, 30.507 exames e procedimentos, o equivalente a mais de 2.500 por mês. Os dados são do Núcleo da Qualidade da Instituição de Saúde.  

Dentre os exames de imagem, a Tomografia é o mais realizado no complexo hospitalar, registrando no ano de 2019 mais de 8.800 atendimentos; seguido pelo raios X, com 7.277, e a Ressonância Magnética, que no ano passado registrou a realização de 7.235 exames. Já na área de hemodinâmica cardíaca e neurológica, foram registrados mais de 2.700 procedimentos, referentes a procedimentos de cateterismo, angiografia, embolização, trombectomia, angioplastia, entre outros.  

De acordo com o coordenador médico do Centro de Imagem, Eduardo Costa, o CDI possui equipamentos de altíssima tecnologia e profissionais qualificados para atuar nas áreas específicas. “Dispondo de recursos muitas vezes acessíveis apenas em hospitais e clínicas privadas dos grandes centros do país, o nosso maquinário é de primeira linha. O corpo clínico atuante é altamente qualificado nas especialidades de radiologia e diagnóstico por imagem, ecocardiografia, cardiologia intervencionista adulta e pediátrica, eletrofisiologia e neurorradiologia intervencionista, com formação nos melhores centros do país e do exterior”, afirmou.

Ressaltando a importância do setor para a saúde pública do Estado, o diretor-geral da unidade de saúde, Antônio Pedrosa, pontuou o serviço oferecido. “Além de atender a demanda interna do Hospital, com a realização dos exames específicos das áreas de Cardiologia e Neurologia, o CDI do Metropolitano também recebe uma demanda externa. Essa oferta de exames é regulada via Secretaria Estadual de Saúde. Deste modo, no CDI, são realizados exames de imagens diagnósticas das mais diversas especialidades médicas, contribuindo para os cuidados da saúde da população paraibana” declarou.

Perfil – O Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires é a primeira unidade de saúde pública especializada em cardiologia e neurologia da Paraíba. Tem 135 leitos, 40 leitos de UTI e 11 salas de cirurgia, e um moderno Centro de Diagnóstico por Imagem. Os pacientes atendidos na instituição são regulados via Secretarias Municipais, em sintonia com o Sistema de Regulação do Estado.

Facebook Comments