Funesc abre marcação de pauta para o Teatro Santa Catarina, em Cabedelo

A partir desta quinta-feira (16), a Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) abre o sistema de marcação de pautas para o Teatro Santa Catarina, em Cabedelo (região metropolitana de João Pessoa). As solicitações de pauta devem ser feitas presencialmente no próprio teatro. O horário administrativo é das 9h às 16h30.

Com a presença do governador João Azevêdo, foi em outubro do ano passado que a cidade de Cabedelo teve de volta um dos principais símbolos de sua cena cultural: o Teatro Santa Catarina. Foram dois dias de programação de reabertura, com encenação do espetáculo ‘Alegria de náufragos’, do grupo Ser Tão Teatro.

A solenidade prestou homenagem ao grupo Teatro Experimental de Cabedelo (Teca), criado no final da década de 1970 e principal responsável pela reivindicação da construção do teatro em Cabedelo (construído na década de 1980). Na época, a companhia era formada por mais de 30 pessoas, e dirigida pelo teatrólogo e folclorista brasileiro Altimar Pimentel, falecido em 2008.  

Para Nézia Gomes, presidenta da Funesc (responsável pelo gerenciamento das atividades do teatro Santa Catarina), a entrega dessa reforma é demonstração de que o Governo do Estado da Paraíba tem um compromisso para com a história e para com a cultura. Além disso, conforme Nézia, essa reforma faz com que a cidade de Cabedelo conte com mais uma ferramenta para a prática artística e, consequentemente, para a formação de espectadores.  

Nas obras foram investidos aproximadamente R$ 5 milhões (80% desses recursos foram aplicados em 2019). Os ambientes contemplados com a reforma são: hall de entrada, bilheteria, circulação horizontal e vertical com inserção de plataforma elevatória para atender a acessibilidade, plateia que passa a ter a capacidade para 161 pessoas.

Também foram reformados banheiros, palco, cabine de som e iluminação, sala de apoio, diretoria, camarote e área técnica. Além disso, foram construídos banheiros acessíveis masculino e feminino e camarins masculino e feminino com banheiros acessíveis. Na parte anexa ao teatro, foram construídos um refeitório e uma cozinha/cantina.  

Os principais serviços foram: demolições, alvenaria, estrutura, revestimento de fachada, cerâmico e acústico, mudança de pisos e pintura interna e externa, substituição na estrutura de coberta, instalações hidrossanitárias, drenagem de águas pluviais, instalações elétricas, louças e metais e inserção da instalação de combate a incêndio, subestação, gerador, urdimento, sonorização, tratamento acústico, portas acústicas, mobiliário de assento para o público, tratamento de jardim e empraçamento.

Facebook Comments