Menor preço da gasolina na Capital está em R$ 4,129, segundo pesquisa comparativa do Procon-JP

O menor preço da gasolina na Capital está em R$ 4,129 (posto Ayrton Sena – Tancredo Neves), segundo pesquisa comparativa realizada no dia 06 de janeiro pelo Procon-JP, que também registrou que 69 estabelecimentos reduziram, três aumentaram e 30 mantiveram o preço do produto em relação à última pesquisa (11 de dezembro), quando o menor valor estava em R$ 4,190.  

O maior preço da gasolina também registrou queda em relação à pesquisa anterior, caindo de R$ 4,79 para R$ 4,499 (postos Big e Select – Tambaú). A pesquisa foi realizada nos 103 postos que estão em atividade na Capital. O secretário Helton Renê informa que o Procon-JP vai continuar monitorando os preços dos combustíveis em 2020, como vem fazendo ao longo dos últimos anos.

“O Procon-JP vai continuar a monitorar os preços de todos os combustíveis através das pesquisas comparativas e da fiscalização. Mas, para o primeiro levantamento de preços do ano, a notícia é boa para o consumidor, até porque isso mostra que o mercado vem se mantendo estável”, disse Renê.  

Álcool – Quanto ao menor preço do álcool houve uma leve alta, de R$ 2,790 para R$ 2,799 (postos Comercial – Geisel, BSB – Mangabeira, e Texas – Funcionários II). O maior preço do produto também subiu, indo de R$ 3,299 para R$ 3,399 (Select – Tambaú). Trinta postos mantiveram, 33 aumentaram e 36 reduziram o preço do etanol.

Diesel S10 – Já o menor preço do óleo diesel S10 se manteve em R$ 3,549 (Auto Posto–Valentina) em relação à pesquisa de dezembro. O maior valor saiu de R$ 3,899 para R$ 3,959 (Big – Tambaú). Sete postos reduziram, 44 mantiveram e 34 aumentaram o preço do produto em comparação com a última pesquisa.  

GNV – O Gás Natural Veicular (GNV) manteve o menor preço em R$ 3,589 (Estrela do Geisel – Geisel) e, o maior, também não apresentou oscilação continuando em R$ 3,719 (Posto Z – Cidade Universitária). Dos 13 estabelecimentos que comercializam o produto na Capital, todos mantiveram o preço em relação à pesquisa anterior.

Comentários