Claro
Escuro

Nubank estreia na Bolsa como 4ª maior empresa brasileira de capital aberto e banco mais valioso da América Latina; veja ranking

O Nubank começa a ter as suas ações negociadas nesta quinta-feira (9) na Bolsa de Nova York, e estreia no mercado de ações na condição de banco de capital aberto mais valioso da América Latina e 4ª maior empresa brasileira de capital aberto.

- Continua depois da Publicidade -

Criado há oito anos para oferecer um cartão de crédito gratuito, o banco digital chega à Bolsa valendo US$ 41,5 bilhões (cerca de R$ 230 bilhões), superando o valor de mercado do Itaú Unibanco (R$ 37,8 bilhões ou cerca de R$ 208 bilhões), de acordo com dados da provedora de informações financeiras Economatica.

A oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Nubank na Bolsa de Valores de Nova York levantou US$ 2,6 bilhões na oferta base da abertura de capital, precificando as ações do banco em US$ 9 por papel.

De acordo com o g1, a capitalização coloca também a fintech na condição de quarta maior companhia brasileira listada em bolsas, atrás apenas de Petrobras, Vale e Ambev.

O presidente e fundador do banco, David Velez, um colombiano formado em Stanford, decidiu empreender em produtos financeiros na América Latina após perceber a burocracia para abrir uma conta corrente no Brasil.

Atualmente, o Nubank possui 48 milhões de clientes no Brasil, México e Colômbia.

Veja abaixo os rankings:

Empresas brasileiras listadas mais valiosas

  1. Petrobras: US$ 70,9 bilhões
  2. Vale: US$ 66,4 bilhões
  3. Ambev: US$ 45,4 bilhões
  4. Nubank*: US$ 41,5 bilhões
  5. Itaú Unibanco: US$ 37,8 bilhões
  6. Bradesco: US$ 33,5 bilhões
  7. Weg: US$ 27,1 bilhões
  8. Santander Brasil: US$ 22,2 bilhões
  9. Rede D’Or: US$ 17,5 bilhões
  10. Banco do Brasil: US$ 16,7 bilhões

Bancos mais valiosos da América Latina

  1. Nubank*: US$ 41,5 bilhões
  2. Itaú Unibanco: US$ 37,8 bilhões
  3. Bradesco: US$ 33,5 bilhões
  4. Santander Brasil: US$ 22,2 bilhões
  5. GFBanorte (México): US$ 17,9 bilhões
  6. Banco do Brasil: US$ 16,7 bilhões
  7. BTG Pactual: US$ 16,5 bilhões
  8. Banco De Chile: US$ 9,4 bilhões
  9. Banco Santander-Chile: US$ 8,4 bilhões
  10. Bancolombia: US$ 7,9 bilhões

Fonte: Economatica, com dados de fechamento de 8 de dezembro e da precificação do IPO do Nubank

O Banco Inter, que assim como o Nubank é uma instituição financeira digital que oferece contas gratuitas, tem valor de mercado de R$ 5,8 bilhões, segundo a Economatica.

A XP, que também é listada nos EUA, mas como empresa que oferece outras atividades relacionadas a investimentos financeiros, é avaliada em US$ 16,8 bilhões.

Os bancos dos Estados Unidos seguem se longe os mais valiosos das Américas. A liderança é do J.P. Morgan Chase & Co, com valor de mercado de US$ 474,9 bilhões, segundo dados da Economatica, seguido do Bank Of America (US$ 361,4 bilhões) e do Wells Fargo & Company (US$ 197 bilhões).

Foto: Paulo Whitaker/Reuters

Mais Lidas

Vítor Hugo confirma Calcinha Preta e Zé Vaqueiro como atrações principais do Arraiá do Litoral 2022, em Cabedelo

O Arraiá do Litoral em Cabedelo volta a animar a Praça Getúlio Vargas após dois anos sem ser realizado de forma presencial,...

Prefeitos do Sertão recepcionam João Azevêdo e reforçam apoio à reeleição do governador

Prefeitos do Sertão da Paraíba reafirmaram, nesta quinta-feira (19), o apoio à pré-candidatura à reeleição do governador João Azevêdo (PSB). Dentre os...

Em nota, Cícero Medeiros explica reforma da Câmara de Santa Rita e lamenta obra parada: “Minha vida pública sempre foi um livro aberto” 

Em nota aos santarritenses, emitida na tarde desta quinta-feira (19), o presidente da Câmara Municipal de Santa Rita, Cícero Medeiros, explicou os...

BOMBA: Reginaldo Pereira acusa empresa de oferecer propina de R$ 15 milhões mais dinheiro para reeleição para privatizar água de Santa Rita; veja video

A declaração foi dada durante participação no programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, desta quarta-feira(18). O ex-prefeito de Santa...

Vítor Hugo anuncia construção do Centro de Convenções de Cabedelo

A noite de encerramento do Festival de Teatro e Dança foi palco de uma grande surpresa esperada há tempos pelos cabedelenses.