Claro
Escuro

Cabedelo passa a exigir comprovante de vacinação e proíbe instalação de tendas nas praias no dia 31 de dezembro

Em novo decreto, válido até o dia 31 de dezembro, a Prefeitura de Cabedelo passa a exigir comprovação de esquema vacinal completo para ingressar em bares, restaurantes, casas de shows e repartições públicas municipais. Além disso, o texto ainda proíbe a instalação de tendas nas areias das praias locais na noite de Réveillon.

- Continua depois da Publicidade -

Até o dia 15 de dezembro, fica permitida a realização de shows, com ocupação de até 50% da capacidade do local, com exigência de apresentação do cartão de vacinação completo e demais protocolos de segurança (uso de máscara, aferição de temperatura e disponibilização de álcool em gel 70º).

Será obrigatória a comunicação prévia de cada show à vigilância sanitária no prazo de até 72h antes de sua realização, para que sejam expedidos os protocolos a serem observados e que seja programada a fiscalização do evento.

O decreto passa a tornar obrigatória a apresentação de comprovante de vacinação contra a Covid, com esquema vacinal completo – duas doses das vacinas Biotench Pfizer, Coronavac Butantan e Atrazeneca Fiocruz, dose única Jansen -,  para ingressar em bares, restaurantes, casas de shows, boates e estabelecimentos congêneres, teatros, cinemas, eventos sociais, corporativos e esportivos. O comprovante deverá ser apresentado juntamente com o documento de identidade ou de qualquer outro documento com foto do seu portador.

O ingresso e a permanência nas repartições públicas municipais do Poder Executivo também só serão permitidos para as pessoas que apresentarem o comprovante de vacinação. O mesmo acontecerá para inscrição em concurso ou prova para função pública, e ser investido ou empossado em cargos na Administração Pública Municipal direta e indireto.

A exigibilidade do comprovante de vacinação não dispensa o cumprimento pelos estabelecimentos das outras medidas de prevenção contra a Covid-19, estabelecidas em decretos ou protocolos sanitários.

O atual decreto também determina que, no dia 31 de dezembro, na noite de Revéillon, será proibida a instalação de tendas ou outros objetos na praia que estimulem a aglomeração de pessoas, além de ser vedada a atividade de ambulantes na faixa de areia das praias de Cabedelo.

O texto prorroga o estabelecido em decretos anteriores no que diz respeito ao calendário escolar na rede municipal e particular.

O uso de máscara em todos os ambientes públicos da cidade, inclusive os espaços abertos, segue sendo obrigatório.

A fiscalização do cumprimento das medidas restritivas, em Cabedelo, ficará a cargo das Secretarias de Saúde, Segurança, Uso e Ocupação do Solo, Semob e Procon.

Mais Lidas

Vitor Hugo garante pagamento do piso nacional para a Educação de Cabedelo

Os profissionais da Educação da cidade de Cabedelo, na Região Metropolitana da Capital, já têm motivo pra comemorar neste início de ano.

Prefeito do PL também anuncia adesão à base política do governador João Azevêdo

O prefeito de Paulista, Valmar Arruda (PL), anunciou, nesta quarta-feira (26), sua adesão à base política do governador João Azevêdo. A decisão...

Bolsonaro autoriza aumento de 33% para piso de professores

O presidente Jair Bolsonaro autorizou o Ministério da Educação a conceder"máximo possível" de aumento para o piso de professores. De acordo com...

Justiça arquiva inquérito que citava ex-deputado da Paraíba em ‘Caixa 2’ da Odebrecht

Uma decisão da 16ª Vara da Justiça Federal na Paraíba determinou o arquivamento de um inquérito que apurava supostas doações feitas pela...

Hospital Metropolitano de Santa Rita, PB, atinge 100% de ocupação dos leitos de Covid-19

O Hospital Metropolitano de Santa Rita atingiu 100% de ocupação dos leitos de Covid-19. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação...