Claro
Escuro

Governo decide tornar auxílio de R$ 400 permanente, diz líder

Líder do governo no Senado e relator da PEC dos Precatórios na casa, Fernando Bezerra (MDB-PE) afirmou ao blog que o governo aceitou tornar permanente o valor de R$ 400 do Auxílio Brasil, mas não explicou de onde sairão os recursos para bancar a nova despesa.

- Continua depois da Publicidade -

O novo programa social vai pagar em novembro um tíquete médio de R$ 224,41 por núcleo familiar, o que representa o antigo Bolsa Família com um reajuste de 20%. Esse reajuste, porém, não alcança a perda inflacionária dos últimos anos.

Inicialmente, o governo planejava pagar um valor extra para que o benefício chegasse aos R$ 400, na média. Previa ainda manter o Auxílio Brasil nesse valor apenas até o final de 2022, ano eleitoral. Para pagar o extra, o governo conta com o recursos abertos com a PEC dos precatórios, em tramitação no Senado.

Criticado pela motivação eleitoreira, o valor adicional apenas até o final de 2022 seria viabilizado pelo espaço aberto na regra do teto de gastos por meio da alteração constitucional prevista na PEC.

“Vamos tornar permanente o programa. O problema nunca foi receita. O problema é achar espaço na despesa, estamos trabalhando nisso”, disse Bezerra.

A medida tem resistência da área econômica do governo, que afirma que é preciso cortar despesas de forma permanente para poder incluir os novos valores do programa social.

“Será preciso explicar de onde virão os recursos. É possível cortar de outras fontes para melhorar a assistência social, mas isso depende de vontade política”, afirma Felipe Salto, diretor-executivo da Instituição Fiscal Independente (IFI).

Reportagem do g1 analisando dados oficiais mostrou que se o valor do benefício social do programa Auxílio Brasil for reduzido de 2022 para 2023, o governo que assumir em 2023 poderá ter no primeiro ano do mandato uma folga orçamentária adicional de R$ 46,5 bilhões dentro do chamado teto de gastos.

Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Mais Lidas

Prefeitura de Bayeux suspende atendimento presencial em repartições públicas por sete dias

O atendimento presencial em secretarias municipais e demais órgãos da Prefeitura de Bayeux está suspenso por sete dias. A medida anunciada nesta...

Governo descarta fundo para baixar preços de combustíveis e Guedes quer desonerar só diesel

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) decidiu descartar a proposta de criação de um fundo de estabilização...

Governo libera R$ 3,5 bi para internet nas escolas

O presidente Jair Bolsonaro (PL) assinou decreto estabelecendo critérios para o repasse de R$ 3,5 bilhões para dar acesso à internet a...

Papa diz que fake news e desinformação sobre Covid são uma violação dos direitos humanos

O Papa Francisco disse nesta sexta-feira (28) que a disseminação de notícias falsas e desinformação sobre a Covid-19 e vacinas, inclusive pela...

Flamengo anuncia a contratação de Marinho, do Santos, seu primeiro reforço de 2022

O Flamengo oficializou nesta sexta-feira a contratação do atacante Marinho, que estava no Santos. Ele desembarcou no Rio de Janeiro na noite...