André Mendonça defende reabertura de igrejas e diz que cristãos aceitam ‘morrer pela fé’

blank

A declaração foi dada durante sessão do Supremo Tribunal Federal, que acontece na tarde desta quarta-feira (7), e que julga se cultos e missas presenciais devem ser liberados durante a pandemia.

Em sua fala durante o julgamento, o advogado-geral da União, André Mendonça, que é pastor, falou em ‘discriminação dos atos de fé’. Ele também disse que ‘verdadeiros cristãos não estão dispostos a matar, mas estão dispostos a morrer para garantir a liberdade de culto’.

Assista:

Crédito vídeo: Reprodução/STF

News Paraíba