Lula diz que teve Covid-19 em Cuba e fez quarentena no país

blank

O ex-presidente Lula (PT) anunciou nesta quinta-feira (21) que teve diagnóstico positivo para a Covid-19 em Cuba, onde desembarcou em 21 de dezembro. O ex-presidente afirma, no entanto, que já está recuperado da doença e se manteve em quarentena no país.

A informação foi compartilhada na conta oficial de Lula no Twitter. De acordo com a nota, o ex-presidente fez um teste RT-PCR ao chegar na ilha, que resultou negativo, e se submeteu a uma segunda testagem no dia 26 de dezembro, que só então atestou a infecção.

O ex-presidente afirma que, além dele, outros 9 membros da equipe que o acompanhou também contraíram a Covid-19. Segundo ele, somente o escritor Fernando Morais precisou de internação, e “permaneceu sob cuidados hospitalares pelo período de 14 dias por complicações pulmonares.”

Lula diz ter cumprido a quarentena em Cuba e que não precisou ser internado.

“Ao longo do acompanhamento, o ex-presidente foi diagnosticado em tomografia computadorizada com lesões pulmonares compatíveis com broncopneumonia associada à Covid19, apresentando excelente recuperação”, diz, em nota.

O ex-presidente afirma ainda “que decidiu comunicar a doença apenas na chegada ao Brasil para preservar sua família e a dos demais infectados”.

O petista voltou a São Paulo na quarta-feira (21), após um mês em Cuba. Lula chegou à ilha cubana para participar de um documentário sobre América Latina dirigido pelo cineasta americano Oliver Stone.

Crédito imagem; AP Photo/Andrew Medichini

News Paraíba com Yahoo! Notícias