O MEC (Ministério da Educação) adiou para 2022 o prazo para a exigência de nota mínima de 400 pontos na redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para estudantes que quiserem participar do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Informação foi divulgada no Diário Oficial da União.

A exigência deveria valer em 2021, no entanto, o governo mudou o prazo. Para o ano que vem continua valendo a média das notas igual ou acima de 450 pontos e não zerar na redação. A questão econômica continua: o candidato deve ter renda familiar per capita de 1 a 3 salários mínimos.

Segundo o R7, a partir de 2022 além da média aritmética das provas igual ou superior a 450 pontos, os estudantes devem ter nota igual ou superior a 400 pontos na redação.

O Fies é um programa do governo de financiamento estudantil em instituições de ensino superior privadas.

Foto: Adriana Toffetti.

Comentários