FICHA SUJA: Com contas reprovadas, Bolão deve impugnar candidatura de Leo Bandeira, caso seja confirmado como candidato a vice em Lucena

O ex-prefeito e pré-candidato a vice-prefeito de Lucena, Antônio Monteiro, o Bolão, teve o nome incluso na lista dos gestores com contas reprovadas, enviada pelo TCE-PB ao Tribunal Superior Eleitoral – TSE, e está em condição de inelegibilidade até 2026, segundo a Lei Complementar nº. 135/2010, mais conhecida como Lei da Ficha Limpa.

O nome de Bolão aprece dentre os mais de 7 mil gestores fichas sujas da Paraiba e, caso seja tenha o nome homologado, deve causar a impugnação de Léo Bandeira, pré-candidato  a prefeito pela posição na cidade litorânea.

Com a saída de Bolão da disputa eleitoral, quem ganha força no jogo é Alex Monteiro, sobrinho do atual prefeito, Marcelo Monteiro, e pré-candidato da situação à sucessão municipal.

Na cidade, Bolão segue fazendo campanha, assegurando sua elegibilidade, mas deve ser barrado pela Justiça Eleitoral ao tentar registrar sua candidatura.

Confira:

Comentários