Os pré-candidatos da base aliada do prefeito Romero Rodrigues (PSD) terão que aguardar mais alguns dias para saber quem será o escolhido para disputar a sucessão municipal em Campina Grande. É que o gestor adiantou que só deverá bater o martelo em agosto, que tanto pode ser no início, no meio, ou no final do mês.

– Quando conseguirmos reunir todas as informações, vamos chamar todo mundo, colocar dentro de uma sala, jogar a chave do lado de fora e só saímos quando tiver uma solução – adiantou o gestor em entrevista a uma emissora local, durante o fim de semana.

Segundo o PBAgora, Romero frisou que pretende fazer uma análise técnica e criteriosa a respeito dos nomes que estão à disposição, como Bruno Cunha Lima, Tovar Correia Lima, Pedro Cunha Lima, Manoel Ludgério, e outros, através de uma pesquisa qualitativa, que deve servir de termômetro para a escolha.

Enquanto isso, nos bastidores, os pré-candidatos continuam tentando ganhar aliados para conquistar a indicação. Enquanto Bruno conta como apoio da executiva nacional, Tovar Correia Lima tenta conquistar o apoio do Progressistas, e de vereadores da cidade.

Foto: Reprodução Google.

Comentários