Aeroporto Castro Pinto passa a ser administrado por empresa espanhola a partir de 24 de fevereiro

A gestão do Aeroporto Castro Pinto, de João Pessoa, vai ser transferido nos próximos dias da Infraero para a estatal espanhola Aena, que venceu o leilão do Bloco Nordeste e arrematou seis aeroportos da região. A mudança acontece nos primeiros minutos do dia 24 de fevereiro, segunda-feira de carnaval.

De acordo com a Infraero, a empresa vai gerir o aeroporto até às 23h59 do domingo (23) e precisamente à 0h a gestão passará para a Aena. A definição da data já foi referendada pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Conforme aconteceu no Aeroporto João Suassuna, de Campina Grande, que passou para a Aena em 16 de janeiro, a madrugada do dia 24 será ocupada com questões mais burocráticas, como a adesivagem e a reorganização administrativa do terminal.

Apesar da mudança estar confirmada para o dia 24, a janela para a transferência do aeroporto tinha se iniciado em 11 de fevereiro, o que significava dizer que a partir desta data a gestão poderia ser modificada.

Além do aeroporto de Campina Grande, a Aena já assumiu os aeroportos de Juazeiro do Norte, no interior da Bahia; e o de Maceió. Falta João Pessoa, Recife e Aracaju.

Crédito imagem: Reprodução

News Paraíba com Jornal da Paraíba

Comentários