João Azevêdo diz que reajuste de 5% foi esforço do Estado para beneficiar inativos

Segundo o ClickPB, o governador João Azevêdo explicou que pensou principalmente nos aposentados ao conceder aumento de 5% no salário-base do funcionalismo público estadual. “Quem está na ativa tem como receber uma bolsa, alguma coisa, o aposentado não”, disse. Em entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (22), Azevêdo falou sobre o indicativo de greve do Fisco, que será discutido pelo sindicato no próximo dia 6, em virtude de defasagem salarial.

“O melhor caminho é sempre o diálogo. Os números estão postos. Nós não podemos fugir da realidade. Nas reuniões que tivemos, todas as categorias tiveram acesso aos números”, disse. 

“O Estado está dando um aumento que nenhum outro estado deu, que é acima da inflação e que é na base do salário e não em cima de gratificações e bônus”, completou ele, acrescentando que acredita que os funcionários entendem o esforço que o Governo fez para viabilizar esse aumento, que terá um impacto de R$ 340 milhões por ano na folha de pagamento.

Facebook Comments