Educação investiga falhas em licitação, má conduta de professores e furtos em escolas da PB

Escolas da rede estadual de ensino estão sendo investigadas pela Secretaria de Educação da Paraíba, após denúncias sobre irregularidades em licitações, fornecimento de merenda e condutas inapropriadas de professores e servidores. As investigações foram publicadas na edição desta quinta-feira (26), do Diário Oficial do Estado (DOE).

Segundo o Jornal da Paraíba, ao todo, foram publicadas 14 portarias com Processos Administrativos Disciplinares diferentes. No entanto, todos os processos serão realizados pela Comissão Permanente de Inquérito (CPI) da Educação estadual.

Conforme as indicações contidas nas portarias, as investigações serão realizadas pelos servidores Cláudio Roberto Tolêdo de Santana, Keyciane Pereira Melo Santos e Ana Renalle Dias Cabral. As irregularidades serão investigadas nos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Mamanguape, Congo, Massaranduba, Cabedelo, Bayeux e Nova Olinda.

Um processo de licitação para fornecimento de frango e bolos da merenda de várias escolas, que acabou vencida pela Cooperativa de Empreendedores Rurais da Paraíba. Também há casos de furtos, registrados em Massaranduba e em Bayeux.

De acordo com a assessoria de imprensa da Secretaria de Educação, as investigações não possuem relação entre si, e vêm de denúncias realizadas por diferentes autores. Ainda segundo a assessoria, os processos devem passar por instrução, investigação, apuração e conclusão, respectivamente.

A Secretaria de Educação também informou que não irá comentar sobre os casos, por se tratar de denúncias cuja veracidade ainda será investigada. Não há informações adicionais a serem repassadas.

Facebook Comments