Uber e Hyundai anunciam parceria para viagens em carros voadores

Uber e Hyundai anunciaram, na última segunda-feira (6), uma parceria para desenvolver o uberAIR, projeto que visa trazer veículos aéreos como opção de transporte urbano. No anúncio, realizado durante a CES 2020, em Las Vegas, nos Estados Unidos, as empresas apresentaram um conceito de aeronave em escala real e ainda indicaram que o veículo será 100% elétrico, podendo atingir velocidades de até 290 km/h.

Além disso, no acordo entre as empresas, a Hyundai fica encarregada de desenvolver e implementar os veículos, enquanto a Uber deve fornecer o serviço e todo o suporte para a realização de táxi aéreo. A empresa sul-coreana é a primeira fabricante mundial de automóveis a fechar parceria com o projeto Uber Elevate, onde realizará a produção em massa desse tipo de veículo elétrico.

De acordo com o anúncio, o conceito de veículo aéreo divulgado pela Hyundai foi criado por meio do projeto aberto desenvolvido pela própria Uber. A empresa de transporte por aplicativos divulgou publicamente os conceitos de veículo para qualquer fabricante, a fim de inovar seus modelos de táxi aéreo e desenvolver novas tecnologias no setor de engenharia.

Além disso, ambas as partes vão colaborar com o desenvolvimento de infraestrutura para pousos e decolagens desse tipo de transporte – o que, no início, foi chamado de Skyport. Segundo a marca, essa iniciativa deve reduzir os custos das viagens.

Sobre o conceito de veículo em escala real, a fabricante de automóveis desenvolveu um modelo chamado de S-A1. De acordo com a empresa, o veículo pode atingir velocidades de até 290 km/h durante os voos, além de possuir autonomia para viagens de até 100 km e conseguir voar a uma altura entre 300 e 600 metros.

O SA-1 foi desenvolvido com motores totalmente elétricos que alimentam diversos rotores e hélices durante os voos. Sua cabine foi projetada para acomodar até quatro passageiros, onde há espaço para cada um levar uma mochila ou mala. Ainda de acordo com a Hyundai, as baterias contam com sistema de carregamento rápido, onde a promessa é de que serão necessários entre cinco e sete minutos para uma recarga completa.

News Paraíba com TechTudo

Facebook Comments