Retaguarda do Hospital de Trauma de João Pessoa funciona no Metropolitano

O Hospital Estadual de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena continua trabalhando com retaguarda: são 42 leitos de internação e três salas cirúrgicas prontas para realizar cirurgias de ortopedia e traumatologia instaladas no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, em Santa Rita, que recebeu novos equipamentos e agora dá suporte à Instituição.

Os pacientes que necessitam de cirurgias eletivas, aquelas que podem ser programadas, serão transferidos para o Metropolitano, de acordo com a necessidade de cada um e da unidade hospitalar.

Segundo o gerente médico do Trauma, Heisenberg Batista, nove cirurgias ortopédicas serão realizadas neste sábado (4). “O Hospital Metropolitano é uma unidade grande e moderna, e vai substituir o antigo HTop (Hospital de Traumatologia e Ortopedia da Paraíba), na realização de cirurgias e internação”, explicou.

O HTop atendeu quase 20 mil retornos ambulatoriais e realizou mais de duas mil internações no ano de 2019, mas precisou encerrar as atividades, tendo em vista que o prédio onde funcionava a instituição estava sem condições para realização de atendimentos médicos.

 Com o encerramento das atividades no Hospital, os pacientes que necessitarem fazer acompanhamento médico, após a alta hospitalar, devem procurar o Ambulatório de Traumatologia da Paraíba – ATP, que fica localizado no mesmo prédio do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest), na Avenida Jesus de Nazaré, 120, Jaguaribe, por trás do Hospital Arlinda Marques.

Facebook Comments